FAQ Colchões viscoelásticos

 

Tenho vertigem, posso utilizar um colchão Viscoelástico?

O material Viscoelástico minimiza a sensação de pressão sobre a superfície que está em contacto com o mesmo. Ao deitar-se sobre um colchão Viscoelástico algumas pessoas têm a sensação de estar "a flutuar". Por isso não é recomendável para as pessoas que sofrem vertigem.

Qual é o melhor suporte para um colchão Viscoelástico?

O colchão Viscoelástico pode combinar-se com qualquer tipo de suporte, já que não têm problemas de transpiração. Se o combina com uma base forrada dará ao colchão uma maior firmeza e se o que deseja é uma maior flexibilidade, o melhor é utilizar um estrado de ripas.

O único a ter em conta é não utilizar um estrado de molas já que pode danificar a composição do colchão, por isso a garantia de nossos colchões será nula se o combina com este tipo de estrado.

Pode-se utilizar ambos lados dos colchões Viscoelásticos?

Na Maxcolchon dispomos de colchões viscoelásticos com 1 lado útil (a parte de cima). Por isso só se deve utilizar esta lado do colchão, conseguindo a adaptabilidade necessária no descanso, reduzindo pontos de pressão sobre nosso corpo.

A parte de baixo do colchão está composta por um HR com acolchoado e tecido 3D na maioria dos colchões para facilitar a transpiração. Ainda que este lado pode ser utilizado sem problemas, devemos informar que já não descansas sobre a viscoelastica e sim sobre o HR. Como o objetivo de comprar um colchão viscoelastico é descansar sobre a mesma, podemos dizer que os nossos colchões Viscoelasticos estão pensados para usar por um lado, o lado da viscoelastica.

Informamos também que deve-se voltear o colchão dos pés a cabeça e de cabeça aos pés para que a superfície do colchão se utilize de maneira uniforme.

Como posso diferenciar o lado da viscoelástica nun colchão viscoelástico?

É fácil reconhecer o lado para o descanso num colchão de viscoelástica Maxcolchon, já que tem uma etiqueta que o identifica.

Tenho um colchão de viscoelástica, posso usar-lo sobre uma base forrada ou é melhor sobre um estrado de ripas?

Pode colocar o seu colchão de viscoelástica tanto sobre base rija como sobre um estrado de ripas. A diferença entre eles é que com a base forrada terás um descanso mais firme e um maior suporte em todas as partes do colchão e com um estrado de ripas terá um descanso mais elástico.

A Maxcolchon fabrica os colchões pensando em proporcionar a maior transpirabilidade aos mesmos, por isso escolhe tecidos que proporcionam a maior capacidade de circulação do ar como o tecido 3D.

Qual é o melhor colchão de viscoelástica para usar num estrado articulado?

Os colchões ideais para os estrados articulados são aqueles que são articuláveis. A Maxcolchon especifica em todos os seus colchões esta característica, indicando se o colchão é articulável ou não.

De todos modos, se gosta de um colchão que não é articulável, podes contactar connosco através de comercial.portugal@maxcolchon.com e informaremos se é possível fabricar-lo para articular.

O que é a viscoelástica, e o que é a densidade da mesma?

A viscoelástica é um material que reage à pressão do corpo. Quando deitamos sobre a viscoelástica, esta se adapta ao corpo reduzindo incômodas pressões durante o descanso. Isto se traduz num descanso mais confortável no qual não temos que mudar tanto de posição durante o sono, e com uma significativa melhora da circulação sanguínea.

A viscoelástica é um material que reage à pressão do corpo. Quando deitamos sobre a viscoelástica, esta se adapta ao corpo reduzindo incômodas pressões durante o descanso. Isto se traduz num descanso mais confortável no qual não temos que mudar tanto de posição durante o sono, e com uma significativa melhora da circulação sanguínea.

O resultado é o seguinte: O descanso nos colchões de viscoelastica de alta densidade (de 80 a 95kg) são mais firmes, porem com uma maior capacidade de adaptação ao corpo e com maior poder para descontrair os músculos. Os colchões que têm uma densidade media (60 a 65 kg) são um pouco menos firmes e a viscoelástica se adapta com maior rapidez ao corpo, ainda que tem uma menor capacidade de adaptação e menor capacidade de descontrair os músculos. Nos colchões de viscoelástica de densidade baixa (de 50 a 55kg) a viscoelástica é mais suave e tem uma menor capacidade de adaptação ao corpo, e recuperam a sua forma inicial muito mais rapidamente quando deixem de receber pressão.

Qual é a diferença entre a viscoelástica moldada, a espumada e a injetada?

A viscoelástica se classifica em: viscos moldadas, viscos espumadas e viscos injetadas. Todas elas podem ser também perfiladas, o que implica que a viscoelástica tem formas que servem para diferenciar zonas de descanso.

As diferenças entre a viscoelástica espumada, moldada e injetada, está na forma de fabricar-la. A viscoelástica espumada se fabrica em moldes que podem chegar a medir até 60 metros, onde se verte a composição da viscoelástica (em forma líquida) e se deixa expandir. Ao expandir-se em tanto espaço a viscoelástica espumada fica menos suave e mais imperfeita que as outras, porem com o poro mais aberto, que a faz mais transpirável.

A viscoelástica moldada recebe esse nome precisamente por causa da forma como se fabrica: em moldes fechados que costumam medir 2mx2m, as vezes um pouco mais. A Visco é vertida dentro deste molde especial e se expande. Como o espaço de expansão é reduzido e limitado, a viscoelástica se compacta, é mais suave e resulta muito mais perfeita que a espumada, porem sai com o poro mais fechado, porem, continua mantendo a transpirabilidade necessária para o descanso.

A viscoelástica injetada é aquela que se injeta, tal e como indica o nome em moldes mais reduzidos, e que unem diretamente com a camada ou camadas inferiores do colchão. Um fabrico exclusivo “o colchão fabrica-se um por um”. A viscoelástica é muito suave, como a moldada, e com a mesma capacidade de transpiração que a viscoelástica moldada.

Estas são as principais diferenças entre elas.

Os colchões de viscoelástica são quentes?

Os colchões viscoelásticos não são quentes, por que a viscoelástica é atérmica e não transmite nem frio, nem calor. Porem a viscoelástica reage ante as temperaturas ambientais, e têm a capacidade de reter o calor corporal que desprendemos.

Por tanto com temperaturas ambientais mais altas, a visco fica mais branda e se endurece quando a temperatura é baixa. De forma geral, no interior de nossas casas matemos mais ou menos uma temperatura estável, portanto a mudança na consistência da viscoelastica é quase imperceptível. Se somos muito calorentos e desprendemos calor, o colchão viscoelástico vai reter este calor. Ademais a sua capacidade de envoltura no corpo pode aumentar essa “sensação” de maior calor.

Se somos excessivamente calorentos é melhor escolher colchões que não tenham muitos cm de viscoelástica e que estejam combinados com materiais mais transpiráveis que dissipam melhor o calor, como as molas (bicónicas e ensacadas).

Somos um casal com muita diferença de peso, podemos comprar um colchão viscoelástico ou é melhor outro material?

Os colchões viscoelásticos de Maxcolchon mantêm a independência de leitos. Porém se a diferença de pesos dos utilizadores é muito grande, essa independência de leitos pode resultar ineficaz. Por isso é importante ter em mente um tipo de colchão que combina uma camada de viscoelástica superior com um núcleo de molas ensacadas que são os que oferecem uma independência de leitos altamente eficaz.

Necessito um colchão viscoelástico, mas com uma altura especial, é possível fabricar-lo?

A Maxcolchon é fabricante, pode fabricar o colchão de viscoelástica que pretende numa altura menor.

Pergunte ao nosso departamento comercial através de comercial.portugal@maxcolchon.com ou através do telefone de atenção ao cliente 210 007 024. Será um prazer atender-lo.

 
Voltar